Escreva para pesquisar

AMÉRICAS

Venezuelanos rejeitam relatório parcial da ONU

"O povo da Venezuela vai cantar a verdade para Michelle Bachelet !!" Foto: Twitter
"O povo da Venezuela vai cantar a verdade para Michelle Bachelet !!" (Foto: Peoples Disptach, Twitter)

Dezenas de movimentos e organizações sociais se mobilizaram no sábado para denunciar o relatório apresentado pela Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet.

(Despacho dos PovosEm julho 13, centenas de milhares de venezuelanos tomaram as ruas de Caracas e outras cidades em todo o país para expressar sua rejeição ao relatório apresentado pela Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet e ratificar seu apoio aos eleitos democraticamente governo do presidente Nicolas Maduro.

O relatório apresentado pela Bachelet em julho 5 em Genebra culpa o governo venezuelano por todos os problemas que a Venezuela enfrenta, como a instabilidade política, a falta de acesso a medicamentos adequados, suprimentos médicos e alimentos, uma diminuição dos fundos disponíveis para programas sociais e violência política. Ignora completamente o impacto das sanções econômicas e políticas impostas pelos EUA, bem como as numerosas tentativas de golpe realizadas pela oposição de extrema direita apoiada pelos EUA.

No dia da mobilização, o presidente Nicolás Maduro postou no Twitter: “O povo venezuelano se mobiliza para expressar sua esmagadora rejeição das mentiras e manipulações. Pela paz e verdade! Somos garantes e promotores dos direitos humanos. A Venezuela é justiça social e dignidade!

Delcy Rodríguez, vice-presidente da Venezuela, liderou a mobilização em Caracas e se dirigiu às multidões para reiterar a posição do governo sobre o relatório e agradecer aos milhares de venezuelanos que continuam a resistir e defender seu país diante das sanções e de uma ilegal bloqueio.

O relatório do OHCHR foi denunciado nacional e internacionalmente. O governo venezuelano divulgou um ponto 70 documento destacando os erros encontrados no relatório. Os representantes da Rússia, China, Turquia, Cuba, Bolívia, Bielorrússia, Mianmar, Irã e Nicarágua também condenaram o relatório.

O presidente da Assembléia Nacional Constituinte, Diosdado Cabello, afirmou no sábado: “Mesmo com o relatório apresentado por Bachelet, Organização dos Estados Americanos, Grupo de Lima e imperialismo, eles não conseguiram derrotar a Venezuela, nem poderão, porque o povo venezuelano decidiu ser livre. A oposição está sozinha.

Se você gostou deste artigo, considere apoiar notícias independentes e receber nosso boletim de notícias três vezes por semana.

Tags:
Visitante Mensagem

A Citizen Truth republica artigos com permissão de diversos sites de notícias, organizações de defesa e grupos de vigilância. Nós escolhemos artigos que achamos que serão informativos e de interesse para nossos leitores. Artigos escolhidos às vezes contêm uma mistura de opinião e notícias, quaisquer dessas opiniões são de responsabilidade dos autores e não refletem as visões da Verdade Cidadã.

    1

Você pode gostar também

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.